Os 4 níveis dos benefícios da análise de problemas

Dentre os desafio das empresas brasileiras de todos os segmentos, destaca-se a melhoria da eficiência operacional. Algumas vezes as falhas se repetem em curto espaço de tempo em um mesmo equipamento. Inúmeras vezes é possível identificar os mesmos problemas em unidades fabris de segmentos completamente diferentes e regionalmente distantes. Para reduzir o impacto desses eventos no lucro das companhias, é preciso incentivar um comportamento investigativo e analítico nos colaboradores. Assim eles podem extrair oportunidades de melhoria, aprendizado e alcançar soluções definitivas.

Este comportamento traz benefícios para as empresas em quatro níveis:

Nível operacional

Ao investigar um problema, o indivíduo desenvolve sua habilidade de análise. Some isso a oportunidade de mostrar que este profissional sabe resolver problemas. Certamente teremos a aceleração da capacitação com foco no seu dia a dia. Esta é a melhor forma de realizar o on the job training, fazendo com que o aprendizado seja proporcionado pela execução e posterior análise do resultado caso ele seja negativo;

Nível de gestão

Os gestores das equipes identificam os principais problemas e os esforços dos times para resolvê-los. O processo dá a segurança que os chefes precisam ao delegar uma tarefa para o time;

Nível empresarial

Cria-se uma base de conhecimento aderente ao parque fabril da companhia e permite-se a disseminação das soluções entre as diversas unidades. Ao realizar uma análise de falhas as empresas desenvolvem o aprendizado organizacional e reduzem as dificuldades de capacitar os colaboradores;

Nível de mercado

Apesar dos processos serem diferentes, muitos equipamentos utilizados nas diversas indústrias são os mesmos. Uma base de conhecimento robusta auxilia na resolução de problemas inter-companhias. Usuários de distintos mercados, mas com similaridades de equipamentos e/ou processos podem aprender com experiências de outros times. Este ponto merece um artigo mais profundo, enquanto ele não sai, recomendo muito a palestra do Don Tapscott “Four principles for the open world” no TED.

O desafio de melhorar a eficiência industrial é enorme. Ainda mais importante em tempos de dificuldades econômicas e reduções de custo. Priorizar a análise dos problemas mais relevantes e sistematizar esta postura traz benefícios de curto, médio e longo prazos. As empresas e seus colaboradores não devem dispensar esta oportunidade!

 

Comments / 2

Leave a comment

Hey, so you decided to leave a comment! That's great. Just fill in the required fields and hit submit. Note that your comment will need to be reviewed before its published.

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE